Reitor acolhe estudantes recém-chegados

Os novos “bixos” UniToledo conheceram o reitor e o funcionamento da instituição.

Com o objetivo de estimular os novos alunos a falarem sobre seus sonhos e fazê-los sentirem-se em casa, o reitor Bruno Toledo conduziu mais uma semana de acolhida no UniToledo. A atividade é realizada há cinco anos e em 2019 ocorreu entre os dias 25 e 29 de março.

O reitor destacou que sempre tenta tornar a experiência na instituição mágica e diferente a cada ano. “Esse ano eu pensei em como melhorar; ano passado demos a fitinha e foi tão legal! Pensei no que poderíamos fazer de novo e, então, decidi em trocar um sonho deles por um sonho doce”, disse.

Irmão mais velho

Durante a acolhida, os calouros foram até o auditório e tiveram um bate papo com Bruno Toledo, que contou um pouco da história do Unitoledo, onde ele mesmo se formou.

“Eu faço questão de contar um pouco para eles sobre nosso Centro Universitário, mas não como reitor, como um irmão mais velho. Tenho o objetivo de ajudá-los a sofrer menos nesse percurso. Dou conselhos que eu daria para mim quando eu estive na faculdade”, enfatizou.

Bruno Toledo diz que cabe à universidade, à coordenação e aos professores não deixar esses sonhos morrerem ao longo do período de estudos.

“Muitos sonhos se desfazem durante a vida acadêmica. Muitos acabam desistindo, mas o processo que realizamos é de acompanhamento desde o começo, do meio e até o final do curso”, disse o reitor.

Sonhos em canudos

Os alunos escreveram seus sonhos individualmente num papel e entregaram a Bruno Toledo, que irá devolver dentro do canudo de graduação, quando o estudante se formar. Para Bruno, é uma forma de estar próximo dos alunos e manter o sonho em mente durante os estudos.

“Uma menina me pediu perdão. Ela disse que achava que eu era de mentira e que todo esse papo de sonhos e amar as pessoas não era real. Mas, ao me ver ali falando e me emocionando, fez com que ela enxergasse a pessoa que eu era. Ela me contou que se sentiu envergonhada por ter pensado isso, me abraçou e começou a chorar. E eu chorei junto!”, contou.

No auditório, foi possível ver pessoas com sonhos de superação. Ele diz que sabe o quanto seus alunos são guerreiros, muitos com viagens diárias de até 3 horas para chegar ao Centro Universitário em Araçatuba.

“Da mesma forma que eu fico muito feliz em recebê-los, isso triplica minha responsabilidade. Muitos são os primeiros da família a estudar e isso é um compromisso enorme pra mim”, revela Bruno.

Novidade

Escrevendo sonhos e decidindo caminhos: jovens conversam com reitor as dificuldades a serem enfrentadas na rotina universitária.

Uma das novidades para o ano de 2019 é a “Experiência UT5”. Os alunos dos primeiros anos passarão 12 horas na instituição. A experiência será realizada no fim de abril e terá palestras, workshops e dinâmicas em grupo.

“Iremos passar uma noite na instituição inteiramente dedicada a eles. É uma forma de desenvolvermos estratégias, métodos para realizar sonhos e descobrir sua vocação. E isso é importante, porque quando nós descobrimos nossa vocação e o motivo de estarmos aqui, ninguém nos para”, finalizou o reitor.

Texto: Isabela Lacintra e Geovana Paupitz

Fotos: Assessoria de Imprensa UniToledo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close