Sesc Birigui desafia a criatividade na quarentena

Diante do cenário mundial e do distanciamento social, instituições culturais apostam em soluções digitais para levar entretenimento às pessoas

Por: Ana Laura Queiroz, Ariane Mantovani, Letícia Gonçalves e Tamires Gazola

Estamos vivendo um momento de cautela no nosso país e no mundo, fomos acobertados por uma epidemia, algo que afeta a saúde física e mental das pessoas. O distanciamento social é a solução que a ciência encontrou para amenizar a situação, mas como fica a mente neste momento em que precisamos ficar em casa?

Pensando nessa questão, instituições culturais estão criando e buscando meios de manter a mente ativa e levando até dentro das casas – pelos canais digitais – cultura e entretenimento. Foi então que o Sesc Birigui lançou no dia 19 de março o desafio online #emcasamascriativo, que propõe ao público mostrar seus talentos artísticos a partir das plataformas digitais, uma forma de entreter durante este período da pandemia do coronavírus (COVID-19).

Para Willian Lopes de Abreu, Editor Web do Sesc Birigui,

“a ideia surgiu conforme sentimos a possibilidade do fechamento das unidades e essa paralização se tornava cada vez mais real, começamos a pensar e tentar desenvolver ações que de alguma maneira pudessem manter a instituição próxima dos frequentadores. Sabemos que não é a mesma coisa que ter todo o equipamento da unidade à disposição, e a programação, mas entendemos também que uma das maneiras seria se manter minimamente ativo, no ambiente digital, através dos canais das redes sociais.”

O momento em que vivemos alterou não somente nossa rotina e hábitos de higiene, mas também alterou o modo como as instituições precisam chegar ao público. O Sesc (Serviço Social do Comércio) Birigui tem em sua programação atividades como cinema, teatro, música, atividades físicas, oficinas de artes visuais, tecnologia e diversas atividades físicas, onde as pessoas vão até a unidade e desfrutam. Ou seja, como continuar oferecendo cultura ao público? Como mudar a rotina de trabalho? Como fazer a programação chegar às pessoas? Afinal, a unidade esteve fechada desde o dia 17 de março.

Willian e o setor de Comunicação buscaram então uma solução. “Birigui já tem o certo costume de produzir um material que vai um pouco além do que é proposto pela programação, porém sempre temos o suporte daquilo que é programático (…). Então o desafio era: ‘o que criar? O que produzir sem ter esse suporte, mas ao mesmo tempo ainda falando com a linguagem da cultura, do esporte e do lazer?’ E também sabendo que as pessoas iriam estar em casa, distanciadas socialmente umas das outras. Entendemos que a melhor maneira de fazer isso, seria então provocar as pessoas para que elas produzissem. Uma maneira do Sesc como instituição chegar até as pessoas que frequentam e que não frequentam fisicamente a unidade, que elas pudessem ter contato com a instituição, criando o desafio. Já que a flexibilidade das redes e do ambiente digital possibilitam isso, você entregar na verdade pras pessoas, o meio. E com isso nasceu a questão da #emcasamascriativo, que as pessoas estariam em casa mas poderiam de alguma maneira demonstrar seu talento, seja com artesanato, com questões mais performáticas como dança, música – que a gente sabia que teria uma explosão, porque é o que a galera adere mais -, mas a galera também pode recitar poemas, ler trechos e indicar livros, indicar filmes, na verdade o aspecto é amplo’, cita Willian.

Desafio #emcasamascriativo

Você pode conferir os vídeos na página do Sesc Birigui, como o vídeo de @fergalhego interpretando uma música, em Libras. ASSISTA!

Foto de divulgação – @sescbirigui

Para participar do desafio, o usuário deve gravar um vídeo caseiro, sozinho ou no máximo em dupla com ações artísticas que envolvam cantar, dançar, interpretar alguma peça teatral, poesias, maquiagem, artesanato, entre outras variadas formas do fazer artístico. A publicação pode ser feita tanto no feed ou stories do Instagram ou Facebook, usando a #emcasamascriativo, deve marcar @sescbirigui e marcar um amigo desafiando a participar também.

Segundo Willian, “a ideia surgiu um pouco disso, da intenção do Sesc se manter próximo das pessoas e de tornar esse momento algo leve, criativo, algo que talvez as pessoas já estariam fazendo dentro das suas casas – assim como vimos muitas lives acontecendo, Instagram bombando. As pessoas encontram maneiras de se aproximar umas das outras, mesmo estando distantes, e com isso surgiram outras alternativas e tudo isso vai se desmembrando, se desdobrando.”

Além do mais, esta iniciativa abriu uma nova porta para as unidades do Sesc e vem conquistando uma resposta positiva. Para Willian, a resposta está sendo positiva e tem ocorrido muita adesão, inclusive de outras unidades do SESC no estado de São Paulo e o SESC Amapá.

Acho que é algo pra não ficar só pra esse momento, acho que depois o Sesc pode manter seus canais abertos para esse tipo de manifestação artística das pessoas e tudo isso vira uma brincadeira sadia. É uma tag que agora também ganhou uma amplitude maior, porque se você coloca a #emcasamascriativo agora no Instagram, você encontra diversos vídeos que não marcam nenhuma das unidades do Sesc, então achamos que isso já se tornou maior do que as próprias ações que foram criadas no Sesc Birigui”, conta Willian.

Foto: tag #emcasamascriativo no Instagram

Divulgação do trabalho

Esta é uma oportunidade para que os artistas regionais continuem mostrando seu trabalho e atinjam mais pessoas, neste momento em que não podem trabalhar de forma normal. Para o cantor Otávio Almeida de Araçatuba, “é de uma importância imensa dar voz aos artistas regionais. É triste que este seja o momento, muitos artistas independentes estão sem seu sustento, mas criar essa rede de divulgação é essencial para que voltemos dessa crise com tudo.”

Foto: conta pessoal do Instagram de Otávio Almeida @otto.almeida

O desafio mudou também uma perspectiva digital e acrescentou uma nova experiência para o Sesc Birigui. “A minha expectativa é que isso não pare, mesmo quando tudo voltar ao normal, eu acho que essa é uma ação que a gente consegue manter, até pra manter esse relacionamento mais próximo, mais autoral com o público. Isso é ‘super’ saudável e só reforça um tipo de comportamento que já temos, de ser mais flexíveis e menos institucionais – no sentido pragmático da palavra – e de ser um pouco mais orgânicos com as pessoas, mais humanos”, conta Willian.

Confira o vídeo de Otávio Almeida!

Na página do Sesc Birigui você também consegue acessar todos os reposts que foram feitos das publicações dos usuários, basta acessar o link: https://www.instagram.com/sescbirigui/

Museus oferecem visitas online

Com o grande poder da tecnologia nos dias atuais e o isolamento social, podemos viajar pelo mundo online. Alguns museus disponibilizaram na internet visitas virtuais em tempo real ou em vídeos e fotos em 360º, é isso mesmo, podemos conhecer Machu Picchu, por exemplo, sem ao menos sair de casa.

Dentre o tour virtual, O Museu do Louvre um dos pontos turísticos mais visitado de Paris, mostra suas galerias, a arquitetura diferenciada e além disso, a famosa Mona Lisa, criada por Leonardo Da Vinci. Inaugurado em 1793 com uma exposição de 537 pinturas.

A América Latina também investiu no conhecimento e mostra para os visitantes a Pinacoteca de São Paulo, sendo o mais antigo museu de arte da cidade. A Pina como também é conhecido mantem a ativa produção bibliográfica e mostra tudo isso em 360º e realidade virtual para a maior admiração do publico.

Foto: Pinacoteca de São Paulo – Portal JM Online

Há alguns museus que disponibilizam ainda as visitas ao acervo em seus próprios Websites, para conhecer mais sobre os museus, conhecer novos acervos e fazer as visitações online, entre nos links a seguir:

Metropolitan Museum of Art (Nova York, EUA)

National Museum of Modern and Contemporary Art (Coréia do Sul)

Art Institute of Chicago (EUA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close