Produção Brasileira! Séries nacionais para maratonar

Não é só em Hollywood que boas séries são produzidas. Conheça mais sobre as séries brasileiras que você precisa maratonar!

Por Isabella Melo, 5º semestre de Jornalismo.

Quem nunca virou a noite maratonando aquela série maravilhosa? Quem nunca disse que era só mais um episódio e quando viu já estava na hora de acordar? Esse é um dos poderes que as boas séries têm sobre nós. 

Os serviços de streamings de vídeo, como Netflix, Globoplay, Prime Vídeo, Telecine Play, HBO Go e muitos outros, estão repletos de séries e na maioria das vezes nós acabamos assistindo apenas as séries norte-americanas.

Mas não é só em Hollywood que boas séries são produzidas, por isso, é hora de você conhecer séries brasileiras que merecem uma boa maratona com pipoca e brigadeiro.

Aruanas

”Não é só uma série de ação, é uma série de reação” essa é uma das frases que melhor descreve a série.

Aruanas, que do Tupi, significa sentinelas da natureza, está disponível na GloboPlay. A primeira temporada conta com 10 episódios que retratam a vida de 3 amigas responsáveis por uma ONG, interpretadas por Débora Falabella, Leandra Leal e Taís Araújo.

O elenco de peso ainda conta com Camila Pitanga,  Thainá Duarte e Luiz Carlos Vasconcelos e garante uma sequência de imagens que arrepiam do começo ao fim.

A obra conta a história de 3 amigas que desde a infância possuem ligação com a natureza, uma ativista, uma advogada, uma jornalista e uma estagiária que buscam investigar uma quadrilha de crimes ambientais na Amazônia, que envolve uma grande mineradora.

A partir disso, a série aborda temáticas como: machismo, racismo, sustentabilidade, indígenas, violência contra a mulher, e muitos outros temas que garantem arrepios, sorrisos e até mesmo lágrimas, principalmente no último episódio.

Curiosidades: Cerca de 50% da produção é composta por mulheres/ Possuem parceria técnica com o Greepeace / Foi lançada em mais de 150 países / Segunda temporada já está confirmada /Estreou na Globo no dia 28 de abril.

”Importe-se. Preserve. Resista. Elas são Aruanas” Foto: Divulgação.

Coisa Mais Linda

Coisa Mais Linda é uma série que conta a história de Maria Luiza, interpretada por Maria Casadevall, nos anos 50. Ela é uma mulher que depende de seu pai e marido para tudo, como era a tradição naquele tempo. O marido Pedro, tem a ideia de abrir um restaurante no Rio de Janeiro e deixa a moça na casa dos pais, após um tempo ela vai atrás dele e descobre que este fugiu com todo seu dinheiro.

Com a ajuda de Lígia, Thereza e Adélia, ela reconstrói a vida no Rio de Janeiro e transforma o velho restaurante em uma casa noturna, com muita Bossa Nova.

A série aborda sobre a vida das mulheres nos anos 50, como eram os comportamentos e as situações que elas eram obrigadas a passar, Maria Luiza e suas amigas mostram que a força da mulher é imensa e que nada pode pará-las, principalmente os homens. Temas como: feminismo, feminismo negro, homossexualidade, violência contra a mulher e muitos outros são abordados com uma fotografia maravilhosa e uma ótima trilha sonora.

A série está disponível na Netflix e conta com 1 temporada de 7 episódios.

Curiosidades: A segunda temporada já está confirmada / A série foi citada pela imprensa internacional da Bolívia, França, Argentina e Inglaterra /

Coisa mais Linda – Foto: Divulgação

Irmandade

Essa é uma daquelas séries que faz a gente torcer para o ”vilão”, com participação do Seu Jorge, Irmandade é uma série da Netflix, que conta com 8 episódios.

A sinopse segundo o site Adoro Cinema é ”Anos 90. Cristina, uma honesta e dedicada advogada, descobre que o irmão desaparecido há anos está, na verdade, preso por ser líder de uma facção criminosa. Ela então é obrigada pela polícia a trabalhar como informante. Mas, a medida que se infiltra na facção, a moça começa a questionar seus valores sobre a lei e a justiça.”

Com uma fotografia incrível a série aborda a criação da facção criminosa, Irmandade. Temas como: família, traição, a situação nos presídios, direitos humanos, ética e muito mais são abordados durante todos os episódios, é o tipo de série que você realmente não sabe quem é o herói e quem é o vilão.

Aviso: A série é recomendada para maiores de 18 anos, algumas cenas possuem conteúdos pesados.

Em um vídeo para divulgação, os atores abordam sobre ”O que é o certo?”

Curiosidades: A série foi gravada em uma ala desativada de um presídio ativo, por isso, grande parte dos figurantes são presos reais. / Ganhou o apelido de ”PCC da Netflix” por tratar de uma facção criminosa. /

Segunda Chamada

Segunda Chamada é uma das séries mais reais que eu já assisti, ela está disponível na GloboPlay e conta com 11 episódios, dos quais eu chorei em todos, sem exceção.

A história aborda as situações que ocorrem dentro de uma escola pública fictícia, chamada Carolina Maria de Jesus, o foco principal é a turma noturna, composta por alunos jovens e adultos, que veêm ali uma última chance de conseguirem sucesso na vida.

Professores que buscam mudar o mundo, não o todo, mas o daqueles alunos que estão ali, prontos para sugar todo o conhecimento deles. Se você conhece a realidade de uma escola noturna, irá ver apenas a verdade sendo representada por atores como: Débora BlochPaulo Gorgulho, Caio Blat, Linn da Quebrada e muitos outros.

Machismo, intolerância religiosa, gravidez na adolescência, aborto, racismo, transfobia, violência contra a mulher, desvalorização dos professores, homossexualidade, suicídio, drogas, tráfico, alcoolismo e principalmente os problemas que a educação pública enfrenta, são os enredos que a séria busca mostrar e chocar telespectadores.

Curiosidades: No final de cada episódio aparece um relato de um aluno real sobre a importância das escolas / A segunda temporada já está confirmada / A música Sujeito de Sorte de Belchior é a trilha principal

Segunda Chamada / Foto: Divulgação

Essas são apenas algumas das séries brasileiras para maratonar, existem muitas outras para você conhecer e prestigiar a produção brasileira, como: 3%, Sintonia, Todas as Mulheres do Mundo, Shippados, O Mecanismo, Carcereiros, Assédio, Ilha de Ferro, Ninguém tá olhando, O Escolhido, Onisciente, Impuros, Arcanjo Renegado e inúmeras outras. Alguma delas irá te agradar, dê uma chance para as produções nacionais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close