1977: um ano de mudanças para a religião no Brasil

Em um coreto de uma praça, em meio aos mendigos e pessoas apressadas no ano de 1977, nascia um Pronto Socorro Espiritual.


Por Kamila Reis, estudante de Jornalismo no UniToledo Araçatuba.

Edir Macedo, mais conhecido como Bispo Macedo, é carioca, filho do meio de Eugênia  e Henrique. Nasceu e cresceu em berço católico, mas na adolescência passou a questionar atos religiosos que no seu ponto de vista não lhe alimentavam a fé. Sua irmã Elcy desenvolveu uma doença crônica e apesar dos remédios e tentativas esotéricas, não havia encontrado cura. Foi então que, nas madrugadas em que passava acordada por conta de sua bronquite asmática, Elcy encontrou alívio em uma oração feita por um pastor através do rádio. Foi por intermédio desta experiência que toda a família Macedo passou a frequentar a igreja evangélica, o que mais tarde seria uma das peças fundamentais para a criação da Universal do Reino de Deus.

Conforme o tempo passava, Edir se interessou mais pelos assuntos que envolviam Deus, principalmente com seus milagres. Sua imersão foi tão profunda que dentro dele ardia o desejo de falar para as pessoas sobre o Deus que tudo muda. “Eu era uma pessoa vazia e sem forma, assim como a terra, e Deus mudou minha vida através da sua palavra. Eu não poderia deixar aquilo morrer comigo enquanto tantas outras pessoas precisavam de ajuda”, declara Edir em sua trilogia “Nada a perder”, volume  1 .

Apesar de ter sido tolhido por seu pastor diversas vezes, o desejo de servir a Deus com 100 % do seu tempo só tomava mais espaço. Após seu casamento com Esther Bezerra e a chegada da segunda filha, que nascera com problemas de saúde, em 1977 Edir deu o ponta pé inicial e fez seu primeiro culto a céu aberto na praça do Méier. Em pouco tempo, deixou seu emprego na lotérica e contando com a  ajuda de sua mãe, passou do coreto para um galpão de uma ex-funerária.

Junto ao crescimento da Igreja, aparecem casos policiais envolvendo Edir Macedo e os pastores da Universal do Reino de Deus. Em 1992, por exemplo, ele foi escoltado após a saída de um culto até a delegacia Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, onde permaneceu preso durante 11 dias por acusações relacionadas a charlatanismo, curandeirismo e lavagem de dinheiro, tendo sido inocentado posteriormente.

O crescimento dos fiéis era inexplicável

O aumento na sociedade evangélica foi um marco a partir do ano 2000. Muitas pessoas passaram a frequentar os cultos, umas por curiosidade, outras por denominar aquela sua última porta. Porém, era impossível entender o crescimento tão rápido de uma igreja, pois em pouco tempo ela se espalhou pelo Brasil, chegando a lotar grandes lugares como o Maracanã e a Enseada de Botafogo, ambos no Rio de Janeiro.

Relatos

Andreza Fernanda Alves esta curada e ajuda a curar outras pessoas. Reprodução: Facebook.

“Eu era vazia por dentro, tentei me preencher de todas as formas possíveis, mas tudo que consegui foram acúmulos de relacionamentos frustrados e a vontade de me suicidar”, relata Andreza Fernanda Alves, que aos 9 anos teve seu primeiro desejo pela morte.

Andressa Urach, hoje evangélica da Universal. Reprodução: Facebook.

No livro “Morri pra viver”, Andressa Urach relata sua trajetória de prostituição, rituais, operações, festas e drogas em busca de fama e dinheiro. Ela declara em seu Instagram: “Quando você tiver um encontro verdadeiro com Deus e for batizado com o Espirito Santo você vai descobrir o que é ser livre”. Hoje com a aparência diferente, Urach está como obreira da Igreja Universal e também voluntariando no trabalho social de serviço a mulheres que estão reclusas da sociedade.

Mídias e projetos sociais

A Universal encontra-se em quase 200 países e há um vasto trabalho executado por voluntários espalhados pelo mundo. Hoje, conta com algumas plataformas midiáticas como o Instagram, Facebook, livros, sites, rádio, um jornal semanal, Tv e a Univer, que é abastecida por palestras, filmes, séries e cultos que podem ser acessados  por móbile ou pelo computador.

Voluntária do projeto Unisocial em ação na distribuição de marmitas aos menos favorecidos. Reprodução: Facebook “Universal São José do Rio Preto”.
Doação de leite para Santa Casa da Misericórdia de Guararapes. Reprodução: Facebook “Universal Guararapes”.

Criação da escola Nova Canaã

Reprodução: Universal.org.

O projeto Nova Canaã surgiu após uma reportagem feita pelo jornal Repórter Record, que abordava a temática da decadência econômica que o município de Irecê, na Bahia, estava enfrentando. Foi então que a igreja, juntamente com Marcelo Crivella, na época bispo, abraçou a causa e com a venda do CD “Mensageiro da Solidariedade”, alcançaram o valor para investir na terra, que encontrava-se seca para plantio. Além da tecnologia de ponta instalada para cuidar da irrigação, a fazenda cuida para que crianças e adolescentes possam ter acesso ao ensino fundamental e médio de qualidade, façam as quatro refeições diárias, transporte, material didático e apoio médico.

O projeto está ativo há 16 anos, dirigido pela Ressoar, braço direito da Record Tv.

Imagem em destaque na capa: Templo de Salomão, sede da Igreja Universal do Reino de Deus. Fonte Universal.org




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close