É a Coisa Mais Linda

A série ‘Coisa Mais Linda’ é uma das produções nacionais do serviço de streaming Netflix e carrega em todos os seus capítulos a brasilidade.

por Letícia Gonçalves, aluna do 5o semestre de Jornalismo – Unitoledo

Lançada em 22 de março de 2019, a série aborda temas fortes como feminismo branco, feminismo negro, homossexualidade, violência contra mulher, machismo entre outras pautas importantes e muito discutidas na sociedade atual. O elenco conta com  Maria CasadevallPathy DejesusFernanda VasconcellosMel LisboaLeandro LimaÍcaro Silva, entre outros nomes da teledramaturgia brasileira.

Ambientada no final da década de 50, a série conta a vida da paulistana Malu, interpretada por Maria Casadevall, que se muda com o marido para o Rio de Janeiro mas acaba descobrindo que foi roubada e abandonada por ele.

Disposta a recomeçar a vida na cidade maravilhosa, ela conhece um pouco da brasilidade da recém criada Bossa Nova através de Chico (Leandro Lima), um cantor talentoso porém inseguro que a acompanha nessa nova trajetória.

Malu e Chico – Reprodução/ Pinterest

Acasos

Os eventuais encontros da vida leva Malu a conhecer Adélia (Pathy Dejesus), uma moça negra e empregada doméstica que luta contra o racismo enquanto sustenta sua filha e sua irmã, e vive um romance de anos com o músico Capitão (Ícaro Silva).

Adélia e Malu enfrente ao clube noturno Coisa Mais Linda/ Reprodução Pinterest

Numa iniciativa de dar a volta por cima, Malu e Adélia abrem um clube noturno de música mas, que as mulheres da época enfrentavam – e ainda enfrentam-, o machismo.

No desenrolar dos acontecimentos, elas conhecem Lígia ( Fernanda Vasconcellos) uma dona de casa de classe média alta, que sonha em ser cantora mas é reprimida pelo marido e Thereza (Mel Lisboa), uma jornalista na luta pelo direito das mulheres no mercado de trabalho que sempre conta com o apoio do marido, com quem vive um relacionamento liberal no quesito sexual.

Malu (Maria Casadevall), Lígia (Fernanda Vasconcellos), Adélia (Pathy Dejesus) e Thereza (Mel Lisboa)/ Reprodução Netflix

Cada protagonista trava uma luta tanto de autoconhecimento quanto de questões tabuladas no Brasil do final da década de 50.

Reprodução/ Twitter

Com o enredo futurista e focado na ascensão do empoderamento feminino da época, cada episódio te imerge no universo da boa música e da cultura brasileira, visto que além dos assuntos já mencionados, a série também tem um Q na benção de Iemanjá.

A trilha sonora acompanha o tempo ambientado e carrega traços de Tom Jobim e Vinícius de Morais no título inspirado na música Garota de Ipanema. Grandes nomes como Elis Regina, João Gilberto, Nara Leão entre outros, compõem a trilha sonora da produção.

Reprodução/ Youtube

A segunda temporada da série estreia dia 19 de junho com muito mais do florescer Bossa Nova no Rio. Uma série brasileira que aborda temas sociais importantes e uma trilha sonora de deliciar os ouvidos, não é a Coisa Mais Linda?

Divulgação/ Netflix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close