Dica nerd pra não furar a quarentena e mentir no #TBT

Nessa quarentena, conheça opções viáveis para se divertir sem expor a sua vida e a vida de quem você ama ao risco.

Por Luís Felipe Soares, 5º semestre de jornalismo.

É evidente que os brasileiros deixaram de lado a preocupação inicial com o coronavírus. No Rio e no litoral de São Paulo, fim de semana de sol enchem as praias, mas o novo coronavírus já infectou ao menos 1,6 milhão no país. Pode-se explicar isso pelo “jeitinho brasileiro” que permite e dá a liberdade de pequenas corrupções ao povo durante o dia a dia.

Sim, o isolamento não é fácil, mas continua sendo a medida mais eficaz para proteger você e a sua família. Se ficar em casa é tão chato, deve-se desenvolver estratégias para que o tempo não pareça estagnado. Nessa matéria, iremos apresentar soluções nerds para você aproveitar o seu tempo sem precisar ficar perdido em um bar, embebedando-se sem qualquer motivo aparente. (É mais seguro furar dragões com espadas em jogos RPG do que furar a quarentena.)

Para o público que gosta de ficar em casa, assistir um filme e reunir-se com outros amigos para comer salgadinho e tomar refrigerante, as ideias apresentadas aqui talvez sejam um xeque-mate para o tédio de ficar preso dentro de casa.

O que é o rpg de mesa?

 RPG’s são jogados presencialmente, com um grupo de aventureiros reunidos na mesma sala, rolando dados e descrevendo as ações de seus personagens. Se você já assistiu Strager Things, provavelmente lembra-se que nos primeiros episódios da série os garotos estavam fazendo uma “campanha”. É justamente isso.

Para jogar, você precisa de um mestre de campanha. É ele quem tem a narrativa condensada na mente e irá guiar os outros jogadores pela história inventada. Cada jogador pode criar um personagem com habilidades e personalidade diferentes da sua, caso queira. E, claro, a história precisa ter um começo, uma problemática e um fim. Se você sofre com problemas de criatividade, não tema! Existem muitos RPG’s com temáticas prontas na internet como o D&D (Dungeons & Dragons).

Pode parecer complexo, mas a maioria das campanhas começa com uma história simples para reunir amigos. Com o passar do tempo, os jogadores vão ficando mais perspicazes em suas criações, permitindo novas dimensões para essa atividade.

Se você não quiser se reunir com 3 ou 4 amigos, ainda há a opção de jogar pelo celular ou computador. Há diversos RPG’s online em grupos de whatsapp. Nesse caso, os personagens e a narrativa são desenrolados com a escrita. É um jogo que força sua criatividade, permitindo a imersão em um universo irreal. Isso o torna tão divertido.

Alex da Silva, Valparaisense de 21 anos, comenta que é muito divertido todas as campanhas que se envolve: “ No início, eu não tinha muita experiência com esse tipo de atividade. Eu gostava da ideia do RPG por permitir que eu criasse. É como se você pudesse ser um autor durante todo o processo. O autor da sua história. Eu recomendo que entre nesse universo qualquer nerd que não saiba como passar o seu tempo. Muitas vezes, eu e meus amigos deixamos de almoçar e passamos um dia todo em campanha. É extremamente viciante.

Como ter ideias para um personagem?

Criação envolve criatividade. Você pode utilizar fragmentos de histórias que já leu em algum livro ou assistiu em séries, mas tudo depende de onde sua imaginação o levará. Para não cair na superficialidade, é sempre recomendado preencher-se com novos conteúdos. Eles permitirão criações mais aprimoradas no seu jogo.

Fernanda Barbosa é uma penapolense de 23 anos e joga RPG de mesa há mais de 3 anos. Ela dá um breve resumo de como ter um bom personagem dentro dos jogos: “Bom, quando eu preciso pensar em um personagem, primeiro eu tento entender os meandros da história. Pode se passar em algum século, ser futurista…  Preciso pensar nisso pra ter o que é preciso para o meu personagem se mover na história. Depois disso, penso qual a motivação dele para que a história continue. Por vezes, posso buscar referências em filmes, séries, livros, de gênero parecido com o da estória em questão.

Em uma história de horror Lovecraftiano que organizei, tive de pensar em como juntaria os personagens principais para investigar acidentes estranhos que vinham acontecendo na cidade sabendo que eles seriam renomados na cidade, como, por exemplo, um investigador particular, um historiador, um médico. Como resolvi o problema de uni-los na narrativa? Criei um personagem do prefeito, que os chama, pelas suas perícias, para resolver um caso particular de sua sobrinha que foi morta com indícios de suicídio macabro, embora ele não acreditava nisso. Assim, consegui um gancho para o pontapé inicial da história.

Sistema de dados

Para que as batalhadas aconteçam dentro do mundo RPG, é necessário a utilização de dados. Os dados de RPG são especiais por terem diversas faces. Eles podem ser encontrados em livrarias e lojas específicas de jogos. Os tipos de dado que você pode adquirir são: d4, d6, d8, d10, d12 e d20.

Para os personagens não fincarem batalhas pautados simplesmente na sorte dos jogadores em girar dados são criados alguns atributos que são adquiridos no decorrer da narrativa. Se o plot (podemos explicar o plot como se fosse uma pequena equação: PERSONAGEM + DESEJO + CONFLITO. Tudo em uma frase.) do seu RPG for uma escola de magia, por exemplo, os magos podem ter atributos como  Força, Rapidez, Corpo, Carisma, inteligência e força de vontade. A sorte dos dados junto aos atributos já existentes com o seu personagem forma aquilo que chamamos de estatística.

Quer jogar?

Bom, agora que você conhece o RPG de mesa, não há mais desculpa pra você deixar seu mundo nerd e ir lotar praias durante uma pandemia. Se você se interessa e quer descobrir mais sobre o tema, existem diversos canais que demonstram o andamento de uma campanha. Deixo aqui uma sugestão ao leitor:

Fontes:

  1. https://quintacapa.com.br/ddezembro-como-comecar-a-jogar-rpg/
  2. https://super.abril.com.br/cultura/o-que-aprendi-jogando-o-rpg-de-stranger-things/
  3. http://supernovo.net/colunas/dungeons-and-dados/e-por-que-nao-uma-definicao-de-rpg/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close